29/10/2015

A Verdadeira Sinceridade.



A Verdadeira Sinceridade.
A Verdadeira Sinceridade.

Josué 24:14.
"Agora, pois, temei ao Senhor, e servi-o com sinceridade e com verdade;..."
Há certas qualidades do carácter que se denominam adornos, como a elegância e a popularidade, enquanto outras se revelam como básicas.
A sinceridade é o real fundamento sobre o qual todas as outras virtudes são construídas.
Se o coração não é sincero, nada em derredor dele é justo e santo.
Se o alicerce de um edifício é forte, toda a sua estrutura será firme; se, porém é fraco, não haverá segurança em parte alguma.
Se a base do carácter é mentira e hipocrisia, existirá, porventura, algo de lealdade?
A conversação de quem não é genuinamente sincero é repulsiva.
As promessas feitas por quem não é verdadeiro são nulidades.
A simpatia proferida por lábios falsos é quase uma blasfémia.
A adoração indiferente ou mecânica, é abominável.
A sinceridade é a origem de cada grande pensamento e acção.
Não é fácil trazer em continua harmonia os actos exteriores e os íntimos pensamentos e sensibilidades.
Alegram-nos, muitas vezes, a estima e o respeito humano, sem a aprovação daquele que olha para o coração.
Diariamente a tentação de parecermos além do que realmente somos, pega-nos de surpresa,porém a pesquisa da própria glória.
E quando não podemos perceber esses tramas do maligno, assola-nos a ambição de honras e respeito sem diligencia de ganha-los.
Deus não aceita simulações nem imitações.
Somos inúmeras vezes admoestados:
Gênesis 17:1.
"Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o Senhor a Abrão, e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso, anda em minha presença e sê perfeito".
Deuteronômio 18:13.
"Perfeito serás, como o teu Deus."
Sejamos sinceros, desde o mais profundo recesso do coração, que Deus, somente, vê.
Pesa-me em balanças fiéis, e saberá Deus a minha sinceridade.
Examina-me, Senhor, e prova-me.
Serei verdadeiro porque muitos confiam em mim;
Serei puro porque há quem olhe para meu viver.
Serei forte porque há muitos que sofrem mais do que eu.
Serei corajoso porque há muitas dificuldades para vencer.
Serei amigo de todos, porque meu Senhor me manda amar até os meus inimigos.
Serei dadivoso, porque mais bem aventurada coisa é dar.
Serei humilde porque conheço as minhas fraquezas e os meus defeitos.
Olharei para cima, sorrindo e amando, pois a minha alma se elevará!

FUTURO.

Não quero ser um outro,
Apenas ser o que sou,
Sou grão da rocha tirado,
Que o vento desgasta ao passar,
Sou pólen que insecto não viu,
Sou vaso que se não vê,
Caminho noutro caminho,
Sou e não me conheço,
Ansiando na esperança do futuro.
Por:António Jesus Batalha.

0

Peregrino E Servo, António Jesus Batalha,
Bíblia Sagrada, Ciência, Desporto,
Deus,Jesus Cristo,