05/01/2015

A Divindade de Cristo.



A Divindade de Cristo.
0

João 11:27.
"Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo."
Só Cristo Reivindica a Divindade.
Dos grandes líderes religiosos deste mundo, só Cristo reivindica a divindade.
Não interessa realmente o que a pessoa pensa de Maomé, Buda ou Confúcio como indivíduos.
Os seus seguidores enfatizam os ensinos desses homens.
Mas com Cristo, o caso é diferente.
Ele fez de Si próprio o ponto fulcral do Seu ensino.
A questão central que punha aos seus ouvintes era:
Quem dizeis vós que eu sou?
Quando Lhe perguntaram o que implicava fazer as obras de Deus, Jesus respondeu:
João 6:29.
"Jesus respondeu, e disse-lhes: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou."
Sobre a questão de Quem e o que é Deus, a natureza da salvação e como se obtém, é evidente que o Cristianismo difere em absoluto das outras religiões mundiais.
Vivemos numa era em que a tolerância é uma palavra chave.
A tolerância, contudo, deve-se entender com clareza.
A verdade, pela sua própria natureza, é intolerante em relação ao erro.
Se dois e dois são quatro, o total pode ser ao mesmo tempo vinte e três.
Mas a pessoa não é considerada intolerante por discordar desta resposta e sustentar que a única resposta correcta é quatro.
O mesmo princípio se aplica aos assuntos religiosos.
Temos de ser tolerantes com outros pontos de vista e respeitar o seu direito a serem defendidos e ouvidos.
Contudo, não podemos ser forçados em nome da tolerância a concordar em que todos os pontos de vista, incluindo os que se contradizem mutuamente, sejam igualmente válidos.
Tal posição é um contra-senso.
Tornam-se válidos os que não contradizem as Verdades Bíblicas.

O ÚNICO CAMINHO PARA DEUS.

Não é verdade o que se diz "não importa o que crês, contanto que creias".
A chacina de seis milhões de judeus perpetrada por Hitler baseava-se numa sincera visão de supremacia de raça, mas ele estava tremendamente errado.
Aquilo que cremos tem de ser verdadeiro para poder ser real.
Jesus disse:
João 14:6.
"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim."
Há muitos caminhos para Cristo feito pelos homens, mas se queremos conhecer o Deus vivo e verdadeiro numa experiência pessoal, temos de o fazer através de Cristo, o único e verdadeiro caminho para Deus.
A religião pode de uma determinada maneira satisfazer o homem, mas Cristo é o único que satisfaz plenamente o corpo e a alma.
 Maomé, Buda e Confúcio, morreram, mas Jesus Cristo está vivo e continua a trabalhar em prol dos que nEle creem.
Jesus não apontou para líder religioso, ele mostrou-se como Salvador único e absoluto.

AMAR.

Amar a Deus, ter fé profunda,
Procura na luz caminho certo,
Amar e ver a alma moribunda,
Ter coragem, arranca-la do deserto.

Amar a Deus de cabeça erguida,
Com plena verdade no coração,
Mostra ao mundo suave e doce vida,
Dar ao triste e abatido, a solução.

Amar a Deus,não é uma frase feita,
Dizer que tem fé, paz e piedade,
Mas sim entrar pela porta estreita,
Ter no coração, de Deus a verdade.
Por: António Jesus Batalha.

0

Peregrino E Servo, António Jesus Batalha,
Bíblia Sagrada, Ciência, Desporto,
Deus,Jesus Cristo,