14/04/2012

Pensando em Deus.



Pensando em Deus. 0

Dom de Deus.

Quando se pensa em Deus.
O Altíssimo.
Pensa-se em justiça.
O próprio conceito de Deus, já implica uma ideia de justiça,de alguém absolutamente justo e imparcial.
E, sendo a salvação eterna, e a vida eterna, um dom gratuito de Deus,e sendo gratuito – a redundância vem do texto grego – não poderia comportar qualquer esforço, qualquer obra, qualquer acção da parte de pessoa alguma, para a salvação, então prometeu o Senhor Deus, na dispensação da graça,ou seja, no período da igreja, desde o Pentecostes até o arrebatamento, galardões ou coroas, àqueles que:
remidos pelo poder do sangue do Senhor Jesus,e remidos de forma absolutamente gratuita, se esforçassem na propagação da mensagem salvadora e no estabelecimento da verdade dos Testamentos.
Não deixaria, o Senhor, a luta, o destemor, o comprometimento dos remidos com a Causa Maior, sem a devida recompensa.
Se todos os remidos, seriam remidos pela graça e por um único acto de fé-confiança no sangue do Senhor Jesus, mas nem todos os remidos se comprometeriam com a verdade da graça - aí está Laodicéia dizendo o que bem lhe convém e inventando doutrinas uma atrás da outra – não deixando o Senhor,sem pagamento, o que fizessem aqueles que, abrindo mão da própria segurança, do próprio bem-estar,e de outras vantagens de ordem material, optassem por afirmar aquilo e só aquilo que estivesse escrito.

0

FINAL.
Ou chegassem ás ultimas consequências para fazer a mensagem da graça atingir os mais distantes .
E a diferença na gloria entre remidos e remidos, estará nos galardões ou nas coroas que, uns terão, outros não.
Apocalipse 3.17.
"Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;"
Laodicéia, por que é Laodicéia – miserável, desgraçada, pobre, cega e nua – entre outras coisas, não percebe a diferença entre vida eterna e vida Cristã.
Não percebe que a vida eterna é um dom gratuito de Deus aos que invocaram, sincera e conscientemente, o nome do Senhor Jesus.
Enquanto a vida Cristã, seria e haveria de ser um processo em continuo desenvolvimento por toda existência física do remido.
Ninguém foi salvo ou remido por ter feito alguma coisa; mas ninguém será galardoado, sem ter feito alguma coisa depois de remido.
Daí ter o Senhor, estabelecido as coroas. O Novo Testamento cuida de duas coroas: A coroa da Justiça, para os que tiverem sido fieis no ministério; e a coroa da vida, para os que tiverem sido fieis no testemunho quanto ao poder e à eficácia do sangue do Salvador.
As expressões "coroa da vida.
1ª Pedro 5.4.
e "coroa incorruptível"
1ªCoríntios 9.25.
"E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível."
Atestam apenas a sublimidade e o valor das coroas que os vencedores receberão, que hão-de ser todas, de glória,incorruptível.
Corôa de Justiça.
Quando se aproximava do tempo em que deixaria o corpo, o apostolo Paulo, escrevendo a Timóteo, afirmou:
2ª Timóteo 4.7,8.
"Combati o bom combate , acabei a carreira , guardei a fé.Desde agora , a coroa da justiça me está guardada , a qual o Senhor , justo juiz , me dará naquele dia ; e não somente a mim , mas também a todos os que amarem a sua vinda."
Sendo o Senhor, um justo Juiz, não haveria de dar Ele a coroa da justiça a qualquer um, de qualquer jeito.
Tinha o apostolo certeza absoluta da coroa da justiça, em consequência da maneira como se comportara no ministério que lhe fora entregue.
Disse ele:a)
2ª Timóteo 4.7.
"Combati o bom combate , acabei a carreira , guardei a fé."
"Combati o bom combate".
Usou Paulo uma figura dos jogos que aconteciam no Império Romano, a luta romana.
O vencedor naquelas disputas seria aquele que, lutando legitimamente, chegasse à vitória.
Ele já dissera na mesma epístola, 2:5,
2ª Timóteo 2.5.
"Se alguém também luta, não é coroado se não lutar legitimamente".
Lutar legitimamente, ou competir legitimamente, era e é competir sem quebrar as regras, na tentativa de tornar a disputa mais leve e mais fácil.
Na vida cristã, quem não milita legitimamente, enfrentando as dificuldades próprias de colocar a verdade da graça, a verdadeira mensagem da graça, em um mundo totalmente hostil, inclusive, o mundo religioso, que não admite salvação de graça e pela graça, como faziam muitos dentro, mesmo, de Laodicéia, aí estão as doutrinas da predestinação fatalista, da guarda da lei, da perseverança, da fidelidade, das boas obras e outras tantas; quem não luta contra tudo isso em favor do dom gratuito ou da pregação do dom gratuito, não luta legitimamente, não tem combatido e nem combate o "bom combate", não será coroado com a coroa da justiça, ou, não receberá o galardão próprio dos que combateram o bom combate; Essa era sua carreira e ele a correu até o fim. – "guardei a fé".

0

A JANELA.

Na força humana.
Também experimentei,
mas com meu ser frágil,
Do sábio Daniel me lembrei,
A janela eu abri.
A minha força deixando,
Esperei pelo Divino sopro brando,
Do Espírito Santo de Deus.
Por: António Jesus Batalha.

Peregrino E Servo, António Jesus Batalha,
Bíblia Sagrada, Ciência, Desporto,
Deus,Jesus Cristo,



VISITE ESTE SITE.Poesia Evangélica.